Estudantes da Escola de Belas Artes da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) optaram por um tipo de trote bem criativo. A recepção dos calouros incorporou ações solidárias, como a doação de cabelo para crianças com câncer, e outras artísticas, como a pintura no corpo de um quadro de Romero Britto.

 

A criativa recepção aos calouros já virou tradição na escola. “É uma tradição bem antiga, acho que tem uns dez anos, e calouros e veteranos chegam com ideias, que podem ser personagens de filmes ou referências artísticas”, disse Ana Santos, aluna do 6º período de artes plásticas, para o portal UOL.

 

Durante a semana do trote são realizadas ainda gincanas com os calouros. “Tem caça ao tesouro, gincana e alguns desafios. A faculdade fica parecendo uma colônia de férias”, diz Ana. O trote também é conhecido por deixar de lado algumas humilhações características da recepção aos calouros em outras instituições. Na Belas Artes, os calouros escolhem as atividades de que querem participar.

 

Fonte: UOL

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:10.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:115%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-language:EN-US;}

Outras Notícias