O Brasil comemorou nesta segunda-feira, 14, o Dia Nacional da Alfabetização. A data foi instituída em 1966. Para o ministro da Educação, Mendonça Filho, a alfabetização não se baseia unicamente no ato de aprender a ler e a escrever.

 

O Ministério da Educação trabalha fortemente para mudar esse cenário. Por meio do programa Brasil Alfabetizado, o governo desenvolve, desde 2003, ações para a alfabetização de jovens, adultos e idosos. O ciclo atual do programa, iniciado em 2015, aponta que 167.971 brasileiros estão sendo alfabetizados.

 

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que nos últimos 15 anos a taxa de analfabetismo no país caiu consideravelmente. No entanto, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) mais recente, realizada em 2014 e divulgada em 2015, mostrou que 13 milhões de brasileiros com mais de 15 anos ainda não sabem ler ou escrever.

 

O programa é Realizado pelo Ministério da Educação desde 2013. O Brasil Alfabetizado tem como objetivo alfabetizar jovens, adultos e idosos, estimulando-os a continuar sua formação em cursos de educação de jovens e adultos (EJA). Desenvolvido em todo o território nacional, o atendimento é prioritário nos 1.928 municípios que apresentam taxa de analfabetismo igual ou superior a 25%. Desse total, 90% está situado na região Nordeste.

 

Esses municípios recebem apoio técnico para implementação das ações do programa, que visa garantir a continuidade dos estudos aos alfabetizados.  Para aderir ao projeto, os interessados deverão procurar as escolas estaduais localizadas nos municípios e assim realizar a sua inscrição. Para mais informações, acesse a página oficial do programa:

brasilalfabetizado.fnde.gov.br/

 

Related Articles