As secretarias estaduais têm até 4 de novembro para confirmarem a adesão no programa Ensino Médio Inovador, e as unidades de ensino podem fazer a confirmação até o dia 17 do referente mês.

 

O objetivo do programa é desenvolver o protagonismo dos jovens, ao agrupar o acompanhamento pedagógico, voltado para o ensino de matemática e língua portuguesa no mundo do trabalho. O projeto é oferecido a estudantes do ensino médio em duas modalidades. Uma com o aumento da carga horária de quatro para cinco horas diárias; outra, de quatro para sete horas.

 

Para executar a nova versão do programa, o MEC vai investir R$ 300 milhões. Pelas previsões, 7 mil escolas vão aderir. O titular da Secretaria de Educação Básica (SEB) do Ministério da Educação, Rossieli Soares da Silva destacou que o MEC vai lançar, em 2017, material de acompanhamento pedagógico para ajudar na formação de monitores, no uso de recursos e na metodologia desses trabalhos.

 

Os gestores devem fazer adesão das escolas por meio do Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação (Simec).

 

Related Articles