A semana que passou foi especialmente movimentada para o supervisor de Legislação e Normas do Conselho Estadual de Educação de Sergipe (CEE/SE), Hudson César Veiga Feitosa. Na segunda-feira e na terça-feira, dias 10 e 11 de dezembro, ele participou da 19ª Reunião dos  Conselhos de Educação do Estado da Bahia. Hudson Veiga viajou, a convite, para Salvador, com o intuito de expor sobre a experiência sergipana quando da regulação do Currículo do Estado de Sergipe. No sentido de contribuir com os conselhos municipais e estadual da Bahia, o técnico sergipano participou de mesa especial, quando foram tratados assuntos relativos a modelos e procedimentos adotados para a formulação do currículo sergipano. Sergipe foi o segundo estado do Brasil a ter o seu currículo regulamentado.  Vale destacar também que o técnico Hudson Veiga, atualmente, está como articulador nacional da Uncme (União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação).

 

Prosseguindo, nos dias 12, 13 e 14 da mesma semana, Hudson Veiga esteve em Brasília onde participou do 3º Encontro do Progama Base Nacional Curricular (Pro BNCC). Na reunião foram discutidos os novos passos necessários após a regulamentação dos Currículos pelos estados, pontuando temas de importância maior. No mesmo evento, Hudson esteve entre os homenageados com Diploma de Honra ao Mérito, honraria oferecida a personalidades que se destacaram nacionalmente. No caso do técnico sergipano, a homenagem foi pelo reconhecimento de seu trabalho de articulação na formulação e regulamentação dos currículos nos estados no Brasil, na função de Articulador do Regime de Colaboração dos Conselhos. “Vários estados acompmharam nosso documento orientador para nortear seus trabalhos”, salientou Hudson Veiga.

 

Ainda em entrevista, Hudson Veiga afirmou que o reconhecimento das conquistas sergipanas é devido a muitos que colaboraram com todo o processo. “Se não fosse o trabalho desenvolvido e o apoio do Conselho Estadual de Sergipe, destacando o trabalho dos conselheiros e técnicos da Casa, somado ao trabalho da coordenação sergipana da Uncme, nada teria se concretizado da forma que foi. Sergipe, hoje, tem seu reconhecimento em virtude de um trabalho de equipe. O  mérito é de todos”, avaliou Hudson. 

 

Related Articles