A Câmera dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (20/03), em votação simbólica, o Novo Ensino Médio. O texto agora será encaminhado para o Senado Federal. Entre os pontos discutidos, está o acordo sobre o número de aulas para a disciplinas regulares.

Para os alunos do ensino médio tradicional, a carga será de 2.400 horas para disciplinas tradicionais (como português, matemática, história, física, química, biologia e geografia) e 600 horas para as optativas. Já para alunos do ensino médio com técnico, o mínimo será de 1800 horas para matérias tradicionais e o restante para o curso.

Com relação ao Enem, o texto diz que o Exame deverá ser adequado ao Novo Ensino Médio  até 2027. A prova terá questões relacionadas à formação geral básica e referentes aos itinerários formativos. Será ofertada de forma presencial, mas, também, excepcionalmente, de forma online. Outro ponto de destaque é que, no novo formato, os alunos poderão escolher as áreas nas quais querem se aprofundar nos itinerários formativos, que serão de no mínimo dois, com carga horária mínima de 600 horas cada. Essa modalidade faz parte da chamada “formação flexível”.

Related Articles