O Ministério da Educação publicou que mais de 300 mil estudantes já fizeram a renovação do contrato com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os convênios precisam ser aditados semestralmente.

 

O processo de renovação atrasou por conta de falta de recursos do governo federal para o pagamento das taxas administrativas aos bancos. O ministro da Educação, Mendonça Filho, informou que o processo tem seguido sem problemas. “Já no primeiro dia de renovação, ultrapassamos a casa dos 10% do total dos alunos que têm contratos do Fies”, relatou o ministro.

 

O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas faculdades. Em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas instituições no Sistema Informatizado. No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o estudante precisa ainda levar a documentação comprovatória ao agente financeiro para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

 

Para o ano de 2017, o governo federal já enviou ao Congresso Nacional o Projeto de Lei Orçamentária contemplando recursos da ordem de R$ 21 bilhões para o Fies. Vale lembrar que o prazo para a realização dos aditamentos vai até 31 de outubro.

 

Related Articles