O Ministério da Educação (MEC) lançou, nesta terça-feira (27), o Programa Escola do Adolescente, que vai oferecer, por meio de uma plataforma digital, formação e apoio técnico a professores e gestores de escolas públicas. Segundo divulgado pela Agência Brasil, “o objetivo é melhorar o desempenho de estudantes nos anos finais do ensino fundamental, ou seja, do 6º ao 9º ano”. O evento de lançamento aconteceu em Brasília (DF), com a presença do ministro da Educação, Rossieli Soares.

 

O MEC avaliou o programa como uma plataforma que vai oferecer instrumentos para tornar as aulas mais atrativas. Além de acesso a materiais específicos, que ajudarão gestores e professores tanto nas aulas quanto a entenderem melhor os estudantes, as escolas terão acesso a um diagnóstico detalhado, com o desempenho dos estudantes, taxa de aprovação, entre outros dados. Ainda consta em nota publicada pela Agência Brasil que a plataforma fornecerá  instrumentos para a realização de avaliações de matemática e português dos estudantes nos anos finais. Também estarão disponíveis ferramentas de escuta da percepção que os estudantes têm sobre o ambiente escolar e uma área de compartilhamento de boas práticas.

 

Poderão participar do programa todas as escolas com anos finais do ensino fundamental. Os estados e municípios terão o período que vai do dia 10  a 31 de dezembro para formalizarem a adesão ao programa . 

 

Outras Notícias