A primeira etapa do Exame do Nacional do Ensino Médio (Enem 2020), realizada neste domingo (17/01/2021), foi tranquila com relação ao ponto de vista sanitário, porém teve alto índice de abstenção, que ficou em torno de 51,5%. Estas são observações que constam em nota do portal G1, que destaca declarações do ministro da educação Milton Ribeiro soibre o assunto.

 

Segundo o mencionado Portal, embora seja preliminar, a proporção de abstenções registrada já indica o maior percentual em toda a história do Enem. O maior índice havia sido registrado em 2009, com 37,7%. Em 2019, o índice do primeiro dia ficou próximo a 23%.

 

Ainda segundo o G1, o ministro Milton Ribeiro considerou a realização do Enem 2020 como “algo vitorioso”, referindo-se às dificuldade de realização do exame em plena pandemia do Covid-19. Ribeiro lembrou que “qualquer participante que se sentiu prejudicado, a partir de 25 de janeiro, como está previsto no edital, poderá pedir a reaplicação nos dias 23 e 24 de fevereiro”. 

 

 

Outras Notícias