Levando em consideração a proximidade do início do ano letivo nas unidades escolares da Rede Estadual de Ensino, o Serviço de Educação em Direitos Humanos da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (SEDH/Seduc) tem visitado escolas estaduais para planejar pautas preventivas e de acolhimento de estudantes junto às equipes gestoras e pedagógicas das unidades escolares. Nesta terça-feira, 12, uma equipe do SEDH esteve no Colégio Estadual Professor Paulo Freire, no bairro Industrial, zona Norte de Aracaju, com a finalidade de promover o diálogo com profissionais lotados na escola, quando expuseram os principais serviços ofertados pelo setor.

 

Como consta no Portal da Seduc, a estratégia central, segundo a professora Adriane Damascenas, chefe do Serviço de Educação em Direitos Humanos, “é chegar junto às escolas em suas semanas de planejamento para discutir e se apropriar das demandas específicas de cada unidade escolar para propor pautas preventivas e não apenas atuar de forma emergencial, por exemplo, para solucionar conflitos no ambiente escolar”. Entre os assuntos tratados, Damascenas reforçou sobre a existência do Núcleo de Prevenção à Violência, que atua na propagação da comunicação da não violência e na mediação de conflito, quando citou também o Núcleo de Diversidade e Cidadania, a Divisão de Educação Especial e o Núcleo de Aprendizagem Psicopedagógica, afirmando também que a oferta dos mencionados  serviços inicia um novo percurso de ações preventivas com a finalidade de atender às demandas das escolas a partir de seus planejamentos.

 

O portal da Seduc também destacou a participação do professor Jonas de Matos Neto, do SEDH, quando o mesmo evidenciou que ele afirmou que “até o final de abril, outras escolas, escolhidas estrategicamente, serão visitadas pela equipe do Serviço de Educação em Direitos Humanos.

 

*Fonte: Portal da Seduc

 

 

Related Articles