Neste dia 08 de março, o Conselho Estadual de Educação de Sergipe parabeniza todas as mulheres pelo seu dia, reconhecendo a relevância do trabalho do público feminino na construção positiva da sociedade em que vivemos. Mais especificamente, olhando para o campo da Educação em Sergipe, contamos com nomes que deixaram sua marca, a citar Maria Thetis Nunes, Beatriz Góis Dantas, Eufrozina Amélia “Zizinha” Guimarães e Aglaé D´Ávila Fontes, dentre tantas outras de grande importância.

 

Em homenagem a todas, por antiguidade, destacamos a professora Zizinha Guimarães, nascida em 1872 no município sergipano de Laranjeiras. Zizinha teve uma atuação comprometida como professora e artista numa época em que uma mulher, e em especial a mulher negra, dificilmente alcançava alguma posição de destaque.

 

Segundo a historiadora Lívia Borges Santana, Zizinha “dedicou sua vida ao ofício de ensinar e contribuiu para o crescimento intelectual de várias gerações de sergipanos. Contudo, sua história está dispersa em páginas de trabalhos acadêmicos e em algumas publicações. Seus objetos pessoais estão espalhados nos mais diversos e inusitados acervos, fato que torna sua memória ameaçada pelo esquecimento”.

 

 

Related Articles